Yield and quality of tomato grown in a hydroponic system, with different planting densities and number of bunches per plant

Resumo

Obtaining a high yield of good quality fruits is one of the main challenges of the tomato crop. The enhancement in plant density promotes a reduction in the fruit fresh mass and an increase the yield per area. On the other hand, commercialization parameters take into account number and fresh mass of fruits. This study aimed at evaluating the yield and fruit quality of indeterminate growth hybrid tomato (Rebeca), cultivated in a hydroponic system, with different planting densities and number of bunches per plant. The experiment was conducted under greenhouse conditions, in a sub-irrigation system containing expanded clay as substrate. A split-plot randomized block design, with three replications, was used. In the plots, four planting densities (11.1 plants m-2, 8.3 plants m-2, 6.6 plants m-2 and 5.5 plants m-2) were allocated and, in the subplots, the number of bunches per plant (one or two). The total yield was influenced by the interaction planting density x number of bunches per plant. The treatment that allowed the highest yield was 11.1 plants m-2 with two bunches, with 22.61 kg m-2 or 226.1 t ha-1, in a crop cycle of 134 days. The observed variations for the nutrient contents of leaves and fruits of tomato plants with one or two bunches, at densities of 5.5-11.1 plants m-2, do not compromise the fruit quality nor influence the production of tradable fruits, using the hydroponic system.
A obtenção de frutos de boa qualidade e com alta produtividade é um dos principais desafios da cultura do tomateiro. Com o adensamento de cultivo, há redução na massa fresca de frutos e aumento na produtividade por área; porém, a comercialização considera o número e a massa fresca de frutos. Objetivou-se avaliar a produtividade e a qualidade de frutos de tomateiro híbrido de crescimento indeterminado (Rebeca), cultivado em sistema hidropônico, com diferentes densidades de plantio e número de cachos por planta. O experimento foi conduzido em casa-de-vegetação, em sistema de subirrigação contendo argila expandida como substrato. O delineamento foi em blocos ao acaso, com parcelas subdivididas e três repetições. Nas parcelas, foram alocadas quatro densidades de plantio (11,1 plantas m-2; 8,3 plantas m-2; 6,6 plantas m-2; e 5,5 plantas m-2) e, nas subparcelas, o número de cachos por planta (um ou dois). A produtividade total foi influenciada pela interação densidade de plantio x número de cachos por planta. O tratamento que possibilitou maior produção foi o de 11,1 plantas m-2 com dois cachos, com 22,61 kg m-2 ou 226,1 t ha-1, em um ciclo de cultivo de 134 dias. As variações observadas para os teores de nutrientes minerais nas folhas e frutos do tomateiro com um ou dois cachos, em densidades de 5,5-11,1 plantas m-2, não comprometem a qualidade dos frutos e nem influenciam na produção de frutos comercializáveis, no cultivo hidropônico.

Descrição

Palavras-chave

Solanum lycopersicum L., Nutritive solution, Expanded clay, Solução nutritiva, Argila expandida

Citação

Avaliação

Revisão

Suplementado Por

Referenciado Por