Biologia reprodutiva de Geositta poeciloptera (Aves: Scleruridae) nos campos do Alto Rio Grande, Minas Gerais, Brasil

Imagem de Miniatura

Data

2017-04-04

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Federal de Viçosa

Resumo

O Cerrado é a segunda maior província biogeográfica do Brasil e encontra- se largamente recoberto por formações campestres e savânicas. Pressões antrópicas são as principais causas de sua degradação, contribuindo para a perda de espécies vegetais e animais, a maior parte das quais ainda mal estudadas do ponto de vista de sua história natural. Geositta poeciloptera é uma ave campestre e endêmica do cerrado que vem sofrendo diminuição em sua população ao longo dos anos. A espécie nidifica em cavidades escavadas nos barrancos. Com o objetivo de compreender como se dá a seleção dos seus locais de nidificação e também de avaliar seu sucesso reprodutivo, foi realizado um estudo na região de São João del-Rei (Campos do Alto Rio Grande) entre os anos de 2014 e 2016. Para isso foram coletadas amostras de solo próximos aos ninhos e também em locais que não continham ninhos. O horizonte C do solo foi o de maior preferência para a construção dos ninhos, o que se deve aos altos teores de silte e baixos teores de argila, facilitando o processo de escavação. A resistência do solo à penetrabilidade afetou as características físicas do ninho, sendo eles mais rasos onde os solos são mais resistentes. Também foram feitas medidas das características dos ninhos, sendo coletados dados de: (1) profundidade da cavidade do ninho; (2) altura e largura do orifício de entrada da cavidade (área do orifício); (3) distância da base do barranco até a entrada da cavidade do ninho; e (4) orientação da direção da cavidade do ninho. Foram então verificadas quais dessas variáveis interferem no sucesso reprodutivo da espécie, utilizando-se para isso o programa Mark com a abordagem de sobrevivência de ninhos. A taxa de sobrevivência diária (0.984) calculada se mostrou alta em relação à outras aves campestres e a predação foi a maior causa de perda de ninhos, os quais apresentam uma probabilidade de sobreviverem individualmente por um ciclo completo de 0,59. A espécie possui grande especificidade na escolha dos locais de nidificação e o fato de construir ninhos em cavidade contribui significativamente para seu sucesso reprodutivo. Este estudo, além de representar a primeira investigação detalhada acerca da biologia reprodutiva de um membro da família Scleruridae, revela importantes características da história de vida de G. poeciloptera, as quais serão fundamentais para a elaboração de programas voltados para o manejo e conservação desta espécie ameaçada.
The Cerrado is the second largest biogeographic province in Brazil and is largely covered by grassland and savanna formations. Anthropogenic pressures are the main causes of their degradation, contributing to the loss of plant and animal species, most of which still poorly studied from the point of view of their natural history. The Campo Miner Geositta poeciloptera is a grassland bird endemic to the Cerrado, which has suffered marked population decline over the years. The species breeds in cavity-nests excavated in dirt banks. We aimed to understand how the species selects its nesting sites and to evaluate their reproductive success. The study was conducted in the municipality of São João del-Rei, located in the Upper Rio Grande Grasslands, from 2014 to 2016. We first measured the following nest attributes: (1) tunnel depth; (2) height and width of the entrance hole (area); (3) distance from the entrance hole to the base of the dirt bank; and (4) orientation of the entrance of the cavity hole. We then collected soil samples adjacent to the nests and in sites that did not contain nests, also measuring soil resistance to penetrability in each of these sites. The soil C horizon was the most preferred for nest excavation, what is due to its high silt and low clay contents, thus facilitating excavation. Soil resistance to penetrability affected the physical characteristics of the nest, being shallower where the soils are more resistant. We then verified which of these variables affected the reproductive success of the species using the Mark program with the nests survival approach. The daily survival rate (0.984) was high compared to that exhibited by other grassland birds, and predation was the major cause of nest loss. Individual nests had a probability of 0.59 of surviving for a complete cycle. The species has great specificity in the choice of nesting sites and its cavity-nest seems to significantly contribute to its reproductive success. This study, besides representing the first detailed investigation about the reproductive biology of a member of the family Scleruridae, reveals important features of the life history of G. poeciloptera, which will be fundamental for the elaboration of management and conservation programs to this threatened species.

Descrição

Palavras-chave

Geositta poeciloptera, Geositta poeciloptera - Seleção, Aves - Cerrados

Citação

MEIRELES, Ricardo Camargos de. Biologia reprodutiva de Geositta poeciloptera (Aves: Scleruridae) nos campos do Alto Rio Grande, Minas Gerais, Brasil. 2017. 52 f. Dissertação (Mestrado em Biologia Animal) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2017.

Coleções

Avaliação

Revisão

Suplementado Por

Referenciado Por