Teses e Dissertações

URI permanente desta comunidadehttps://locus.ufv.br/handle/123456789/1

Teses e dissertações defendidas no contexto dos programas de pós graduação da Instituição.

Navegar

Resultados da Pesquisa

Agora exibindo 1 - 10 de 16463
  • Imagem de Miniatura
    Item
    Effects of green and black tea kombuchas consumption on the body composition, intestinal health, and markers of metabolism, oxidative stress, and inflammation in Wistar rats and humans
    (Universidade Federal de Viçosa, 2023-06-02) Costa, Mirian Aparecida de Campos; Barros, Frederico Augusto Ribeiro de; http://lattes.cnpq.br/7580364764224561
    A kombucha é uma bebida obtida pela fermentação de chá verde ou preto por bactérias acéticas, bactérias láticas e leveduras, cujo consumo aumentou exponencialmente nos últimos anos. Estudos in vitro e in vivo sugerem um potencial benefício relacionado ao consumo de kombucha devido, principalmente, ao seu elevado teor de compostos fenólicos. Entretanto, ainda não há consenso na literatura, especialmente em relação à saúde humana. O objetivo deste estudo é avaliar o efeito do consumo regular de kombucha de chá verde e preto sobre a saúde intestinal de ratos Wistar, bem como o consumo regular de kombucha de chá preto sobre a saúde intestinal e marcadores metabólicos, de estresse oxidativo e inflamatórios em adultos com ou sem obesidade. O estudo com animais foi conduzido a partir de amostras obtidas em estudo prévio. Após serem alocados aleatoriamente em um dos grupos, os animais receberam uma das seguintes dietas por dez semanas: dieta padrão (AIN-93M) (n=10); dieta rica em gordura saturada e frutose (HFHF) (n=10); HFHF + kombucha de chá verde (n=10); HFHF + kombucha de chá preto (n=10). Amostras de fezes e do ceco foram utilizadas nas análises. Para o estudo com seres humanos, foram incluídos 23 indivíduos eutróficos e 23 indivíduos com obesidade. Durante oito semanas consecutivas, os participantes consumiram 200 mL de kombucha de chá preto/dia. Eles foram orientados a manter o consumo alimentar habitual e o mesmo padrão de atividade física ao longo do estudo. Amostras de sangue, fezes e urina foram coletadas antes (baseline) e após a intervenção. Em ratos Wistar, kombuchas de chá verde e preto foram capazes de modular a microbiota intestinal ao aumentar a produção de propionato e favorecer o crescimento de microrganismos benéficos como Adlercreutzia no grupo que consumiu kombucha de chá verde. Em humanos, houve diminuição das concentrações séricas de insulina e gama-glutamil transferase em indivíduos com obesidade, bem como marcadores de resistência (HOMA-IR) e sensibilidade à insulina (HOMA-β e índice QUICKI). Em indivíduos eutróficos, as concentrações plasmáticas de interleucina 13 e óxido nítrico aumentaram após a ingestão de kombucha. Houve ainda, aumento das concentrações séricas de colesterol total e fosfatase alcalina, embora esses resultados estivessem atrelados ao hábito alimentar dos indivíduos. A kombucha favoreceu microrganismos como Bacteroidota, Akkermanciaceae e Prevotellaceae e reduziu a abundância de microrganismos associados à obesidade, comocRuminococcus e Dorea, especialmente no grupo obeso. Houve aumento na diversidade fúngica, maior abundância de Saccharomyces e diminuição de Exophiala e Rhodotorula. Pichia e Dekkera, dois dos principais microrganismos encontrados na kombucha e SCOBY, foram identificados como biomarcadores após a intervenção. Em relação às kombuchas utilizadas no estudo experimental, os microrganismos mais abundantes encontrados nos SCOBYs também foram encontrados nas bebidas, embora em maior diversidade. Em relação à kombucha de chá preto utilizada no estudo clínico, 145 compostos fenólicos foram identificados por UPLC-MSE; a maioria flavonoides (81%) e ácidos fenólicos (19%). Lignanas, estilbenos e outros polifenois representam 1% do total. Nossos resultados sugerem desfechos positivos relacionados ao consumo regular de kombucha, embora enfatizemos a importância da alimentação saudável como um todo. Palavras-chave: Antioxidantes; Camellia sinensis; Compostos bioativos; Microbiota intestinal; Polifenois; Obesidade.
  • Imagem de Miniatura
    Item
    Suplementação de ácido guanidinoacético e de lignina purificada para frangos de corte
    (Universidade Federal de Viçosa, 2024-03-21) Salgado, Hallef Rieger; Calderano, Arele Arlindo; 567416368963425
    Dois experimentos foram conduzidos com objetivo de avaliar os efeitos da suplementação de ácido guanidinoacético (AGA) e de lignina purificada no desempenho e nas respostas fisiológicas de frangos de corte criados do primeiro ao 42º dia de idade. No experimento I, distribui-se um total de 1280 pintos machos (Cobb 500®) em um delineamento inteiramente casualizado com oito tratamentos, oito repetições e vinte aves por unidade experimental. Os tratamentos basearam-se nos níveis de energia metabolizável (EM) da dieta, sendo: (2775- 2875-2975 kcal/kg; 2850-2950-3050 kcal/kg; 2925-3025-3125 kcal/kg; ou 3000-3100-3200 kcal/kg, dos 1 a 7, 8 a 21 e 22 a 42 dias de idade) e na inclusão de AGA (0 ou 600 mg/kg). O objetivo deste trabalho foi avaliar como o AGA afeta o desempenho e estimar uma equivalência em energia metabolizável (EM). Os resultados foram: 1) a suplementação de AGA aumentou o ganho de peso (GP) em frangos de corte em um nível de energia de 2908 kcal/kg e melhorou a conversão alimentar (CA) em níveis de energia de 2908 e 2983 kcal/kg; 2) observou-se uma redução linear no consumo de ração (CR) e uma melhora na CA dos frangos de corte com o aumento dos níveis de energia nas dietas, com e sem adição de AGA; e 3) foi estimada uma equivalência de AGA de 133, 103, 74 e 44 kcal/kg de ração. Concluiu-se que a suplementação de AGA melhora a eficiência de utilização de energia dos frangos de corte e que 600 mg/kg apresenta equivalência média de EM de 88,5 kcal/kg. No experimento II, distribui-se um total de 1000 pintos machos (Cobb 500®) em um delineamento inteiramente casualizado com cinco tratamentos, dez repetições e vinte animais por unidade experimental. Os tratamentos basearam-se em um dieta à base de milho e farelo de soja, sendo: T1: Ração basal + antibiótico avilamicina a 10% (controle positivo); T2: Ração basal sem suplementação de antibiótico ou lignina purificada (controle negativo); T3: Ração basal + 0,1% de lignina purificada; T4: Ração basal + 0,2% de lignina purificada; T5: Ração Basal + 0,5% de lignina purificada. O objetivo foi avaliar a suplementação de lignina em diferentes níveis como alternativa ao uso do antibiótico avilamicina, no desempenho produtivo, rendimento de carcaça e partes (peito, coxa e sobrecoxa, e gordura abdominal), peso relativo dos órgãos linfoides (bursa de Fabricius e baço) e fígado, níveis séricos de malondialdéido (MDA) e expressão de mRNA de fator nuclear kappa B (NF- κB) e enzimas antioxidantes glutationa peroxidase (GPX) e superóxido dismutase(SOD1),em frangos de corte criados sob desafio sanitário. Para todas variáveis estudadas não foram observados efeitos significativos dos tratamentos. Concluiu-se que a suplementação de lignina purificada nos níveis de 0,1%, 0,2% e 0,5%, assim como a avilamicina 10%, não melhorou o desempenho nem as respostas antioxidantes em frangos de corte. Palavras-chave: Aditivo; Antioxidantes; Energia metabolizável
  • Imagem de Miniatura
    Item
    Acervos em agonia: conservação preventiva e a preservação da memória em acervos paroquiais mineiros
    (Universidade Federal de Viçosa, 2024-02-27) Gurgel, Williene Fátima Nascimento; Assis, Angelo Adriano Faria de; 8814518383687622
    Esta pesquisa teve como objetivo analisar o estado de conservação dos documentos e a identificação dos problemas que afetam a conservação dos acervos eclesiásticos, visando à elaboração de recomendações referentes aos cuidados básicos com os livros e documentos manuscritos, a fim de contribuir para a preservação dos acervos paroquiais. Essa preocupação se dá pelos 18 anos de experiência da autora na área de conservação e restauro de obras eclesiásticas em papel. Os acervos paroquiais das Minas Gerais surgiram com o povoamento dos arraiais, a partir do final do século XVII e início do XVIII, estando atualmente parte dessa documentação reunida no Arquivo Eclesiástico Dom Oscar de Oliveira. Contudo, o acervo é ainda maior, uma vez que muitas igrejas mineiras possuem livros e documentos que cabem a elas a responsabilidade de preservá-los. No entanto, observam-se muitos problemas na preservação desses acervos documentais. Dessa forma, o objetivo geral deste trabalho foi identificar os motivos pelos quais os acervos documentais das igrejas estão se degradando e desenvolver um debate crítico sobre a importância da adoção das ações indiretas sobre o bem da área da conservação preventiva para a conservação desses documentos. Como um dos resultados desta pesquisa, elaborou um e-book com recomendações e orientações preventivas para os acervos paroquiais. O desenvolvimento desta dissertação teve como metodologia dois estudos de caso. O primeiro foi a análise dos relatórios de restauração de papel do Arquivo da Fundação de Arte de Ouro Preto (FAOP), em Minas Gerais; e o segundo estudo de caso foi uma visita técnica ao Arquivo Histórico Eclesiástico de Diamantina-MG. Em ambos os arquivos foram observados os principais danos que vêm comprometendo a integridade física dos documentos. Após a identificação desses danos serão elaboradas recomendações dentro da área da conservação preventiva, indicando os cuidados básicos necessários com os livros e documentos eclesiásticos, para evitar que cheguem ao ruim estado de conservação. Entre as principais recomendações se encontra a necessidade de implantar uma política de preservação, destacando-se as atividades de inspeções rotineiras e as manutenções preventivas pelos gestores desses acervos, além da necessidade de treinamento dos funcionários sobre os cuidados básicos com o uso e manuseio dos documentos e também de orientações aos consulentes a respeito desses mesmos cuidados. Palavras-chave: Livros e documentos eclesiásticos, Memória, degradação e deterioração, Ações de conservação preventiva
  • Imagem de Miniatura
    Item
    Dissolução de ímãs permanentes de NdFeB com ácido orgânico e extração de elementos terras raras utilizando solvente eutético profundo hidrofóbico
    (Universidade Federal de Viçosa, 2024-02-22) Soares, Thaís Silva; Hespanhol, Maria do Carmo; 3555625893895609
  • Imagem de Miniatura
    Item
    Influência da microbiota autóctone de farinhas brasileiras na fermentação de pães sourdough
    (Universidade Federal de Viçosa, 2024-02-29) Lima, Thamylles Thuany Mayrink; Martin, José Guilherme Prado
    O consumo e a produção de pão sourdough têm testemunhado um aumento significativo nos últimos anos, impulsionados por suas características sensoriais distintas e pelos benefícios à saúde provenientes da microbiota presente no fermento sourdough. Este estudo investigou a influência de seis fermentos sourdough, cada um elaborado com uma farinha de trigo brasileira distinta, sobre o produto final. Avaliações do consórcio microbiano foram realizadas para as matérias-primas e os fermentos maduros. Para o produto final, análises englobando propriedades centesimais, físico-químicas, reológicas e sensoriais foram conduzidas para caracterizar os aspectos dos pães sourdough produzidos. As análises revelaram que as composições microbianas distintas dos fermentos impactou nos resultados dos produtos finais. As principais variações foram observadas entre pães produzidos com farinhas refinadas e integrais, com atributos sensoriais distintos, como o sabor ácido predominante nos pães integrais. Há de se destacar que a aceitabilidade geral dos pães apresentou diferenças entre os pães elaborados com cada um dos fermentos, evidenciando o potencial de consórcios microbianos distintos produzirem pães com características peculiares. Ademais, o estudo investigou os teores de açúcares, ácidos, FODMAPs e compostos bioativos dos pães sourdough. Observou-se que as variações nas concentrações de açúcares, ácidos, etanol, FODMAPs e compostos bioativos estiveram mais relacionadas ao tipo de farinha do que à diversidade microbiana dos fermentos, tendo os pães integrais maiores concentrações de fenólicos, flavonoides e atividade antioxidante. Palavras-chave: Sourdough; Consórcio microbiano; Análise sensorial; FODMAPs; Compostos bioativos
  • Imagem de Miniatura
    Item
    Um Caldeirão de Histórias e Memórias: Política, Cultura, Educação e Trabalho nos gramados de São Januário (1920-1957)
    (Universidade Federal de Viçosa, 2023-10-18) Ferreira, Iglia Thiciani Martins; Assis, Angelo Adriano Faria de; 6929526088445956
    A presente pesquisa busca entender o Estádio Vasco da Gama como monumento detentor de histórias e memórias – individuais e coletivas - e a importância de seu uso para além da prática esportiva desde sua inauguração, em 1927, até a década de 1950. A monumentalidade do Estádio Vasco da Gama, o tornaria propício não apenas para competições esportivas, mas também para grandiosos eventos de grande repercussão no cenário político nacional, principalmente durante o Governo de Getúlio Vargas, exatamente por sua proximidade e ligação com a classe operária. Festividades, cerimônias cívicas, desfiles carnavalescos, manifestações políticas, comícios e pronunciamentos oficiais tiveram como palco o estádio que, ao decorrer de sua existência, se tornou lugar detentor de histórias e memórias que estão intrisecamente ligadas ao processo de construção da identidade brasileira. Palavras-chave: Vasco da Gama. História. Memória. Nacionalismo.
  • Imagem de Miniatura
    Item
    Um Passado Contemporâneo: as memórias do Instituto Superior de Educação Professor Aldo Muylaert (ISEPAM) – 1895 – 2024
    (Universidade Federal de Viçosa, 2024-07-01) Simão, Laís Pessanha; Vailati, Luiz Lima; 1502187080034870
    O presente trabalho se propôs a analisar o processo de reenquadramento da memória vinculada ao Instituto Superior de Educação Professor Aldo Muylaert (ISEPAM), localizado no município de Campos dos Goytacazes, interior do estado do Rio de Janeiro, e o modo como este adiciona as décadas de existência da antiga Escola Normal de Campos à narrativa oficial atual sobre sua história, no que diz respeito aos acontecimentos situados entre os anos de 1895 e 2024. Para tal objetivo, analisou-se o período de modificação do que chamamos neste trabalho de memória oficial, levando em conta os fatores contextuais e as fontes disponíveis, que se dividem em fontes orais, escritas documentais, visuais e materiais, obtidas através de entrevistas, do arquivo histórico do Instituto ou de mídias digitais. O texto inicia com a contextualização da história da formação de professores primários, a trajetória das escolas normais e dos institutos de educação, passando para a apresentação dos referenciais teóricos utilizados para refletir sobre passado, memória e identidade, e finaliza com a análise das múltiplas fontes utilizadas e como estas revelam variadas narrativas sobre o Instituto. O produto da dissertação propõe a criação de um acervo digital dos registros históricos salvaguardados pelo Centro de Memória do Instituto, impulsionando seu conhecimento pelo grande público e facilitando o acesso de pesquisadores e demais interessados a esse material. A partir das observações e estudos, foi possível concluir que houve alguns elementos que impulsionaram a reinterpretação e reescrita da memória do Instituto: a demanda pela abertura de um Centro de Memória na instituição; uma série de pesquisas acadêmicas que se debruçaram sobre o passado do Instituto e da Escola Normal; e o momento de crise identitária sentido pela instituição nas décadas de 2000 e 2010
  • Imagem de Miniatura
    Item
    Eu também quero ser contadora de histórias! Trajetórias de egressos e egressas do curso de Letras Português - Espanhol
    (Universidade Federal de Viçosa, 2024-03-15) Dias, Thaiana Oliveira; Assis , Joziane Ferraz de; 8444082794237882
    Em minha dissertação de mestrado, relaciono momentos de mudanças no que diz respeito às políticas linguísticas, diretamente à trajetória profissional de egressos e egressas da habilitação Português-Espanhol do Departamento de Letras da Universidade Federal de Viçosa (DLA/UFV). A pergunta de pesquisa é a seguinte: “De que modo as políticas linguísticas afetam a trajetória profissional em Língua Espanhola para egressos e egressas do curso de Letras Português-Espanhol da Universidade Federal de Viçosa (UFV) e quais são suas perspectivas futuras na profissão?”. Como objetivo geral, busquei estabelecer a relação entre a trajetória profissional desses egressos e egressas às leis que regem o ensino das línguas estrangeiras no Brasil. Por sua vez, como objetivos específicos, procurei: reconhecer facilitadores e dificultadores nas suas trajetórias em sua atuação como professores de Espanhol; analisar criticamente a implantação das leis segundo as experiências dos participantes da pesquisa; identificar semelhanças e diferenças nas trajetórias desses profissionais a fim de problematizar a reverberação de tais leis no grupo pesquisado; perceber se as leis são determinantes para que os profissionais atuem na área ou se estes seguiram seus caminhos independentemente das políticas linguísticas e, por fim, descobrir quais são suas perspectivas com relação ao futuro da profissão. Importante ressaltar que todos os objetivos foram plenamente atendidos. Como resposta da pergunta de pesquisa, os egressos e egressas participantes desta pesquisa são afetados/as pela (falta de) políticas linguísticas para o Espanhol quando precisam trabalhar ministrando aulas de Português, atuando no mercado informal, dando aulas particulares, fazendo revisões e traduções de texto, ou quando, inclusive, precisam fazer outra graduação para abranger suas possibilidades de inserção no mercado de trabalho, por exemplo. Nesta dissertação, discuto uma problemática que é de interesse nacional, visto que problematizo questões do ponto de vista social e político. Social, porque me proponho a evidenciar a situação de um grupo de trabalhadores do país; político, justamente porque atrelo as políticas às trajetórias profissionais dos egressos e egressas aqui já mencionados/as. Palavras-chave: Espanhol. Políticas linguísticas. Egressos e Egressas. Narrativas
  • Imagem de Miniatura
    Item
    Morfologia do sistema reprodutor masculino e espermatozoides de três espécies de percevejos da tribo Eccritotarsini (Heteroptera: Miridae)
    (Universidade Federal de Viçosa, 2019-07-29) Rezende, Paulo Henrique; Lino Neto, José; http://lattes.cnpq.br/0484947071603298
    Miridae é a maior e mais diversa família dentro de Heteroptera, com mais de 11.000 espécies. Contudo, há questões referentes à sistemática e filogenética que permanecem incertas para a família, com destaque para as tribos da subfamília Bryocorinae. A organização do sistema reprodutor e a ultraestrutura de espermatozoides apresentam um conjunto de caracteres exclusivos, comumente utilizados na sistemática de grupos animais, incluindo os insetos. Com o intuito de contribuir com mais caracteres que possam auxiliar na análise sistemática de Bryocorinae, descrevemos a morfologia do sistema reprodutor masculino e espermatozoides de três espécies Eccritotarsini (Miridae: Bryocorinae), Pycnoderes incurvus, Sixeonotus brasiliensis e Bothrophorella nigra. Para isso, seis machos foram dissecados e os sistemas reprodutores foram fotografados e medidos. Em seguida, o material foi processado para as microscopias de luz e eletrônica de transmissão (MET). O sistema reprodutor masculino dessas três espécies segue o padrão organizacional observado em outros Miridae, no entanto, elas exibiram apenas um folículo testicular, e em B. nigra, mostrou redução de um dos pares de glândulas acessórias laterais. Os espermatozoides apresentaram a região anterior da cabeça espiralada para as três espécies, característica ainda não registrada para Heteroptera. A ultraestrutura dos espermatozoides de P. incurvus se mostrou semelhante àquela observada em outros Miridae. O acrossomo exibiu formato de gota em corte transversal, contudo ele foi revestido por um material eletrondenso só observado em P. incurvus e Collaria oleosa (Mirinae: Miridae). A presença de um adjunto de centríolo longo e cilíndrico formando uma ponte entre o núcleo e os componentes flagelares, até o momento, é característico de Miridae. O flagelo com um axonema de 9+9+2 microtúbulos e dois derivados mitocondriais simétricos, com duas inclusões paracristalinas cada, abraçando e conectado ao axonema por duas pontes, têm sido consideradas características de Heteroptera, apoiando a monofilia da subordem. Palavras-chave: Microscopia. Cimicomorpha. Bryocorinae. Sistemática. Testículos. Ultraestrutura.
  • Imagem de Miniatura
    Item
    Avaliação de impato ao patrimônio imaterial no licenciamento ambiental: abordagens da atuação da Superintendência do IPHAN em Minas Gerais VIÇOSA – MINAS GERAIS
    (Universidade Federal de Viçosa, 2020-10-08) Vilaça, Marina Freitas; Civale, Leonardo
    Partindo do entendimento de que a ampliação do conceito de Meio Ambiente engloba, além do meio físico constituído, o social, o histórico, o político e o cultural, incluindo os patrimônios culturais, e identificando a grande deterioração causada por empreendimentos que desempenham atividades potencialmente poluidoras e degradadoras ao ambiente, minha atuação profissional intensificou reflexões sobre as questões ligadas à temática, em especial no tocante à avaliação de impacto ao patrimônio imaterial nos processos de licenciamento ambiental. Uma vez que os caminhos profissionais geraram uma aproximação com o que é conceitual e empiricamente denominado de patrimônio cultural imaterial, surgiram indagações sobre como este tema vem sendo acionado nas avaliações de impacto, após a publicação da Instrução Normativa (IN) nº 001, de 25 de março de 2015, do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Esta normativa exige estudos de avaliação de impacto aos patrimônios culturais na Área de Influência Direta (AID) dos empreendimentos que estão em processo de licenciamento ambiental, dentre eles ao patrimônio imaterial. Neste sentido, o objetivo geral desta pesquisa foi elaborar uma matriz de referência de impactos ao patrimônio imaterial a partir da análise dos Relatórios de Avaliação de Impacto ao Patrimônio Imaterial (RAIPI) nos processos de licenciamento ambiental que tramitaram na Superintendência do IPHAN em Minas Gerais após a publicação da IN nº 001/2015 até o ano de 2017. Afinal, acredita-se que deve ser também através dos processos de licenciamento ambiental e seu aperfeiçoamento que algo possa ser feito ou modificado para minimizar os impactos negativos sobre os bens culturais de natureza imaterial, antes mesmo que estes empreendimentos iniciem suas instalações e operações. Para que não permaneça apenas a tentativa de correção ou mitigação dos impactos e consequências, alcançando, ao contrário, identificar situações prejudiciais ao meio ambiente em seu sentido amplo, prevenindo ou mesmo evitando sua ocorrência. PALAVRAS-CHAVE: Avaliação de Impacto. Patrimônio Imaterial. Licenciamento Ambiental