A importancia da produção e do processamento do café na economia mineira

Imagem de Miniatura

Data

2005-12-06

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Federal de Viçosa

Resumo

Objetivou-se, neste trabalho, analisar os setores de produção e de processamento de café na estrutura econômica de Minas Gerais, determinando a importância destes e seus encadeamentos na estrutura do Estado. O referencial teórico utilizado foi o modelo insumo-produto, bem como o de desenvolvimento regional. Foram calculados os índices de Rasmussen-Hirschaman, o campo de influência, os índices puros de ligações e 03 multiplicadores de produção, renda e emprego. Para tanto, utilizou-se a matriz regional de insumo-produto de 1995, para Minas Gerais. Os resultados decorrentes desta análise permitem caracterizar a estrutura produtiva de Minas Gerais, os seus setores-chave e o efeito multiplicador de cada setor econômico em termos de produção, renda e emprego. De acordo com os resultados, os setores considerados como chaves pelas abordagens adotadas (índice de Rasmussen-Hirschman e índice puro de ligação) e que apresentaram grande campo de influência foram: (4) Produtos não metálicos, siderurgia e metalurgia, (5) Mecânica, material elétrico e material de transportes e (10) Outras lndustrias de Produtos Alimentares. Quando se consideram apenas o índice de Rasmussen-Hirschman e o campo de influência, inclui-se entre os setores-chave o setor (1) Café em coco, (6) Produtos de madeira, papel, borracha e plástico e (9) Indústria do café. Com relação a análise dos multiplicadores, observou-se que os setores: (4) Produtos não metálicos, siderurgia e metalurgia, (9) Indústria do Café e (10) Outras Indústrias de Produtos Alimentares foram os que apresentaram os maiores valores em termos de geração de produto; os setores (13) Comércio, (2) Agropecuária e (3) Café em coco, em termos de geração de renda; e 03 setores (16) Serviços, (1) Café em coco e (2) Agropecuária em termos de geração de emprego. Por meio desses resultados, pode-se inferir que a indústria de café apresenta fortes Iigações para trás; já o setor de produção de café é importante em termos de encadeamentos para trás e para frente. O setor de produção do café também apresentou poder de contribuir para a geração de renda e emprego na economia mineira e a indústria de café, para a geração de produto. Em face dos resultados, conclui-se que políticas que incentivam o aumento no consumo de café podem, de maneira indireta, produzir o crescimento no próprio setor e nos outros setores da economia. Tendo em vista que a indústria de café torrado e moido tem capacidade para crescer e modernizar-se para ampliar a sua competitividade, é também um setor com potencial para receber investimentos.
The objective of this work was to analyze the coffee production and processing sectors in Minas Gerais’s economic structure, determining their importance and linkages in the structure of the State. The theoretical referential used in this research were the input-output model and the regional development. The indexes Rasmussen-Hirschman, fields of influence, pure linkages and production, income and employment multipliers were calculated using the regional input-output matrix of Minas Gerais for the year 1995. The analysis results allowed the characterization of Minas Gerais’ productive structure, its key-sectors and the multiplying effect of each economic sector in terms of production, income and employment. According to the results, the sectors that were considered keys by the used approaches (Rasmussen-Hirschman and pure linkage indexes) and presented great field of influence, were: (4) non-metallic products, siderurgy and metallurgy, (5) mechanical, electric material, and transport material and (10) other industries of food products. When only the indexes Rasmussen-Hirschman and field of influence were considered, the key-sectors (1) coffee bean, (6) wooden, paper, rubber and plastic products and (9) coffee industry were included. In relation to the multiplier analysis, the sectors (4) non-metallic products, siderurgy and metallurgy, (9) coffee industry and (10) other industries of food products gave the highest values for product generation; the sectors (13) commerce, (2) farming and (3) coffee beans for income generation; and the sectors (16) services, (1) coffee beans and (2) farming for employment generation. Through these results one can infer that the coffee industry has strong backward linkages; however the coffee production sector is important in terms of backward and fonNard linkages. The sector of coffee production also showed capacity to contribute to income and employment generation in the State’s economy, and the coffee industry for product generation. In agreement with results, the work concluded that politics that stimulate the increase of the coffee consumption can, in indirect way, result in the growth in all sectors of the economy. The coffee processing industry is a potential sector to receive investments because it has the capacity to grow and to modernize, increasing its competitiveness.

Descrição

Palavras-chave

Rasmussen-Hirschman, Café em coco, Geração de emprego

Citação

SANTOS, Venússia Eliane. A importancia da produção e do processamento do café na economia mineira. 2005. 79 f. Dissertação (Mestrado em Economia Aplicada) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2005.

Avaliação

Revisão

Suplementado Por

Referenciado Por