Efeito do silenciamento dos genes DnaJ e TCTP na infecção de tomateiro e Nicotiana benthamiana pelo potyvírus Pepper yellow mosaic virus (PepYMV)

Imagem de Miniatura

Data

2012-07-20

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Federal de Viçosa

Resumo

Durante a coevolução, os vírus de plantas desenvolveram a capacidade de modular a expressão de alguns genes do hospedeiro, ou alterar a função cognata de proteínas para obter sucesso em sua multiplicação e perpetuação. Essas alterações induzidas pelos vírus podem culminar em elevados níveis de especialização, tornando o vínculo com seus hospedeiros indissociável. O objetivo deste trabalho foi investigar a contribuição de uma DnaJ de Nicotiana benthamiana homóloga de tomateiro e da proteína TCTP de tomateiro durante a infecção pelo potyvírus PepYMV. Esses dois genes foram identificados como diferencialmente expressos em uma biblioteca de cDNA construída a partir de tomateiro infectado pelo PepYMV. Estudos de cinética de expressão do gene DnaJ em N. benthamiana infectadas pelo PepYMV demonstraram que a indução do gene ocorre 72 horas pós-inoculação (hpi) e aos 14 dias pós-inoculação (dpi). Plantas de N. benthamiana silenciadas para DnaJ por meio de VIGS e de tomateiro cv. Moneymaker silenciadas por transgenia para o gene TCTP foram obtidas e inoculadas mecanicamente com o PepYMV. A infecção viral foi confirmada por ELISA e a carga viral determinada por qRT-PCR. O silenciamento do gene DnaJ em N. benthamiana interferiu nos estágios iniciais da infecção viral (72 hpi), porém seu efeito em infecções já estabelecidas (14dpi) foi inconclusivo. Plantas não-transformadas de tomateiro exibiram sintomas severos da doença, enquanto as plantas transgênicas silenciadas para o gene TCTP apresentaram sintomas muito atenuados ou permaneceram assintomáticas. Nas plantas silenciadas a carga viral foi drasticamente reduzida. A localização subcelular de TCTP fusionada à proteína GFP em plantas de N. benthamiana sadias ou infectadas pelo PepYMV foi analisada por microscopia confocal. Em plantas sadias a localização de TCTP foi nuclear e citoplasmática, porém em plantas infectadas aos 14dpi, a localização de TCTP foi exclusivamente citoplasmática. Os resultados obtidos sugerem que tanto TCTP quanto DnaJ são proteínas que regulam positivamente o ciclo de infecção do PepYMV, sendo necessárias para o desenvolvimento da doença no caso de TCTP, ou para o rápido estabelecimento da infecção no caso de DnaJ. Estudos posteriores devem ser conduzidos afim de descobrir o mecanismo pelo qual esses fatores do hospedeiro são utilizados em benefício da infecção viral.
During coevolution, plant viruses have developed the ability to modulate the expression of several host genes, or to alter the function of cognate protein to succeed in their multiplication and perpetuation. These virus-induced changes might lead to a high level of dependency, creating an indissoluble link between virus and host. The objective of this study was to investigate the contribution of a DnaJ of Nicotiana benthamiana (homologous of the tomato protein) and of the TCTP protein from tomato during PepYMV infection. These two genes were identified as differentially expressed in a cDNA library constructed from tomato plants infected by PepYMV. Kinetic studies of DnaJ expression in PepYMV-infected N. benthamiana demonstrated that the induction occurs at both 72 hours post-inoculation (hpi) and 14 days post-inoculation (dpi). Plants of N. benthamiana silenced for DnaJ by means of VIGS and tomato plants cv. Moneymaker silenced by transgenesis for TCTP were obtained and mechanically inoculated with PepYMV. Viral infection was confirmed by ELISA and viral load determined by qRT-PCR. Silencing of the DnaJ gene in N. benthamiana interfered with the early stages of viral infection (72 hpi) but its effect on established infections (14dpi) was inconclusive. Non-transformed tomato plants showed severe symptoms of the disease, while TCTP-silenced transgenic plants showed greatly attenuated symptoms or remained asymptomatic. Viral load was dramatically reduced in silenced plants. The subcellular localization of a TCTP-GFP fusion protein in healthy or PepYMV-infected N. benthamiana plants was analyzed by confocal microscopy. In healthy plants TCTP was nuclear and cytoplasmic, while in infected plants at 14 dpi, its subcellular localization was exclusively cytoplasmic. Together, these results suggest that both TCTP and DnaJ are proteins which positively regulate the infection cycle of PepYMV, being required for disease development in the case of TCTP or for the rapid establishment of viral infection in the case of DnaJ. Further studies should be conducted in order to unravel the mechanisms by which these host factors are used to benefit the viral infection.

Descrição

Palavras-chave

Doença, Infecção viral, Plantas não-transformadas, Plantas transgênicas, Disease, Viral infection, Non-transformed plants, Transgenic plants

Citação

XAVIER, André da Silva. Effect of gene silencing of DnaJ and TCTP in the infection of tomato and Nicotiana benthamiana by the potyvirus Pepper yellow mosaic virus (PepYMV). 2012. 74 f. Dissertação (Mestrado em Etiologia; Epidemiologia; Controle) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2012.

Coleções

Avaliação

Revisão

Suplementado Por

Referenciado Por