Agressividade em Cornitermes cumulans (Kollar) (Insecta: Isoptera) submetidos a estresse

Imagem de Miniatura

Data

2007-07-27

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Federal de Viçosa

Resumo

Os insetos sociais possuem a habilidade de reconhecer indivíduos do mesmo ninho e evitar invasões de intrusos no ninho. No entanto, ninhos de cupins são freqüentemente invadidos por artrópodos, principalmente insetos, incluindo outras espécies de cupins denominados inquilinos. Os mecanismos que determinam a invasão são pouco conhecidos. Para entender como os indivíduos da espécie construtora do ninho reconhecem esses intrusos, é necessário entender o processo de reconhecimento entre indivíduos com mesma morfologia e comportamento, porém de outro ninho. Ainda não está esclarecido se os inquilinos enfraquecem a espécie construtora, visando invadir o ninho, ou se em uma colônia previamente enfraquecida, o estabelecimento de inquilinos ocorre mais facilmente. Dessa maneira, é plausível supor que em uma colônia submetida a algum estresse externo, o processo de estabelecimento de inquilinos seja favorecido. Sendo assim, espera-se que o sistema de defesa desta colônia seja menos eficiente, quando comparado a uma colônia sem estresse. Nesta tese, a principal hipótese testada foi que a agressividade dos indivíduos da espécie construtora varia em função ao estresse a que estão submetidos. Para isso, indivíduos de Cornitermes cumulans (Kollar, 1832) foram submetidos a diferentes intensidades de estresse, dependendo do tempo que permaneceram fora do ninho. Posteriormente, foi mensurada a agressividade e a sobrevivência desses indivíduos em grupos formados por apenas indivíduos do mesmo ninho e em grupos formados por indivíduos de ninhos diferentes. Nas situações de baixo estresse C. cumulans foi mais agressivo com indivíduos de outro ninho do que com indivíduos do mesmo ninho. No entanto, na situação de alto estresse indivíduos do mesmo ninho foram tão agressivos quanto indivíduos de diferentes ninhos. Esses resultados podem indicar que a saúde da colônia é um fator importante na defesa da colônia contra invasores.
Social insects can recognize nestmates and avoid nests invasion. However, termite nests are frequently invaded by arthropods, mainly insects, including other termite species called inquilines. Mechanisms that allow nest invasion are not completely understood yet. In this work, we focus on intruders which are termite species, and how the colony builder can defend its nest from such intruders. In order to understand how builder individuals may recognize intruders, we need first to comprehend how they can distinguish themselves from other individuals with same morphology and behaviour (non nestmates). Some termite species are able to recognize non nestmate and other species do not. We do not know if inquilines may harm the original builder, or if a weak colony allows inquilines to enter. If it is true that in a stressed colony the process of inquiline s settlement is favored, we expect the colony defense system to become less efficient when the colony is subjected to some kind of stress. We tested the hypothesis that the aggressiveness of builder individuals varies with the stress that the colony is subject to. To do so we submitted Cornitermes cumulans workers to different amount of stress, changing how long they spent away from the nest. We checked workers aggressive behaviour and survival in groups only with nestmates or with non-nestmates. In low stress situation C. cumulans was more aggressive against non nestmates than against nestmates. In a high stress situation there was a increase in aggressiveness only in nestmates. This findings may be a indication that colony health is an important factor mediating colony defense against intruders.

Descrição

Palavras-chave

Cumpim, Reconhecimento, Inquilinos, Termite, Recognize, Inquilines

Citação

MARINS, Alessandra. Agressivity in Cornitermes cumulans (Kollar) (Insecta: Isoptera) submitted to stress. 2007. 40 f. Dissertação (Mestrado em Ciência entomológica; Tecnologia entomológica) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2007.

Coleções

Avaliação

Revisão

Suplementado Por

Referenciado Por