Molecular caracterization of a corn core collection–landraces subgroup

Resumo

The efficient use of genetic resources- stored in germplasm collections can be maximized if morpho- agronomic and molecular information on the accessions is made available. To achieve this, a collection that is well-structured, well-curated and easily accessible (the core collection) is required. Consequently, the objective of the current study was to characterize 80 landrace accessions from the maize core collection of the Federal University of Viçosa (UFV), and assay thenngenetic diversity of the various landraces, considering grain type and ecogeographic origin. For this, AFLP analysis was performed using 12 primer combinations. Genetic diversity of the collection was quantified with the UPGMA method, using the Jaccard Index to quantify dissimilarity. The core collection was divided into four sub-populations by grain type, and into six sub-populations based on ecogeographic origin. Genetic diversity analysis was performed both within and between sub-populations. A high level of genetic variability was found among the landrace accessions of UFV Core Collection, principally among those accessions with dentate type grains.Classification by grain type and ecogeographic origin allowed genetically divergent groups to be distinguished.
A utilização eficiente de recursos genéticos, armazenados em coleções de germoplasma, pode ser maximizada se informações morfo-agronômicas e moleculares sobre os acessos forem disponibilizadas. Para isso, é necessária a existência de uma coleção racionalizada, refinada e estruturada, chamada de coleção núcleo. Assim, objetivou-se com este trabalho caracterizar molecularmente 80 acessos landraces da coleção núcleo de milho da Universidade Federal de Viçosa (UFV) e verificar a diversidade genética com relação à estratificação, considerando tipo de grão e origem ecogeográfica. Para isso, foi realizada análise de AFLP, utilizando-se 12 combinações de primers. A diversidade genética da coleção foi quantificada utilizando o método de UPGMA, tendo como medida de dissimilaridade o complemento do índice de Jaccard. A coleção núcleo foi estratificada em quatro sub-populações quanto ao tipo de grãos e seis quanto à origem ecogeográfica. Foi realizada análise de diversidade genética tanto entre quanto dentro das sub- populações. Foi verificada grande variabilidade genética entre os acessos landraces da Coleção Núcleo da UFV, principalmente entre os acessos com grãos do tipo dentado, e que a estratificação quanto ao tipo de grãos e origem ecogeográfica foi eficiente para a obtenção de grupos geneticamente divergentes.

Descrição

Palavras-chave

Diversity, Genetic resources, AFLP, Zea mays L., Diversidade, Recursos genéticos, AFLP, Zea mays L.

Citação

Coleções

Avaliação

Revisão

Suplementado Por

Referenciado Por