Locus  

Yield and shelf life of chrysanthemum in response to the silicon application

Mostrar registro simples

dc.contributor.author Carvalho-Zanão, Maristela P.
dc.contributor.author Zanão Júnior, Luiz Antônio
dc.contributor.author Barbosa, José G.
dc.contributor.author Grossi, José Antônio S.
dc.contributor.author Ávila, Vinícius T. de
dc.date.accessioned 2017-10-11T19:24:49Z
dc.date.available 2017-10-11T19:24:49Z
dc.date.issued 2012-07-06
dc.identifier.issn 18069991
dc.identifier.uri http://dx.doi.org/10.1590/S0102-05362012000300008
dc.identifier.uri http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/12055
dc.description.abstract The potted chrysanthemum is one of the main flowers produced in protected cultivation. Silicon has promoted improvements both in quantitative and qualitative aspects when supplied to some ornamental species produced in these conditions. We evaluated the response of chrysanthemum cultivars grown in pots to the application of silicon. The experiment was conducted in a greenhouse of the Universidade Federal de Viçosa, Minas Gerais state, Brazil. Treatments were arranged in a 3x2 factorial scheme (three cultivars of chrysanthemum: Coral Charm, White Reagan and Indianapolis and two doses of silicon: 0 and 800 mg kg-1) with six replications, in an entirely randomized design. We evaluated the diameter of the flower buds and stems; length of the flower stems; height of the plants; dry matter production of roots, leaves, stems, inflorescence and shoots; total number of inflorescences; diameter of the most fully open inflorescences; Si content in the leaf tissue; and flowering cycle and shelf life. The White Reagan cultivar produced the greatest number of inflorescences (29.17) per pot and proved to be more precocious (85.83 days). There was no negative interaction between Si, Ca and K and no effect of silicon was shown on the production and shelf life of the chrysanthemum. There was an increase in the content of this element in the leaves with the application of potassium metasilicate. en
dc.description.abstract O crisântemo de vaso é uma das principais flores produzidas em ambiente protegido. O silício tem promovido melhorias tanto no aspecto quantitativo quanto no qualitativo quando fornecido a algumas espécies ornamentais produzidas nestas condições. Assim, o objetivo desse trabalho foi avaliar a resposta à aplicação de silício de três cultivares de crisântemo cultivadas em vaso. O experimento foi conduzido em casa de vegetação da Universidade Federal de Viçosa. Os tratamentos foram dispostos em esquema fatorial 3x2 (três cultivares de crisântemo: Coral Charm, White Reagan e Indianápolis e duas doses de silício aplicadas no substrato: 0 e 800 mg kg-1) com seis repetições, em delineamento inteiramente casualizado. Foram avaliados o diâmetro dos botões e das hastes florais; comprimento das hastes florais; altura da planta; produção de matéria seca de raízes, folhas, caule, inflorescências e parte aérea; número total de inflorescências; diâmetro da inflorescência mais aberta; teor de Si nos tecidos foliares; ciclo e longevidade floral. A cultivar White Reagan produziu o maior número de inflorescências (29,17) por vaso e mostrou ser mais precoce (85,83 dias). Não houve interação negativa entre Si, Ca e K e não foi constatado efeito do silício na produção e na longevidade das inflorescências de crisântemo. Houve aumento nos teores deste elemento nas folhas com a aplicação do metasilicato de potássio. pt-BR
dc.format pdf pt-BR
dc.language.iso eng pt-BR
dc.publisher Horticultura Brasileira pt-BR
dc.relation.ispartofseries v. 30, n. 3, 403 - 408, jul - set. 2012 pt-BR
dc.rights Open Access pt-BR
dc.subject Dendranthema grandiflora pt-BR
dc.subject Plant nutrition pt-BR
dc.subject Metasilicate pt-BR
dc.title Yield and shelf life of chrysanthemum in response to the silicon application en
dc.type Artigo pt-BR


Arquivos deste item

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

  • Artigos [59]
    Artigos Técnico-científicos na área de Fitotecnia

Mostrar registro simples

Buscar no Repositório


Navegar

Minha conta