Locus  

Antibioticoprofilaxia em cirurgias de cães e gatos: necessidade e realidade

Mostrar registro simples

dc.contributor.author Braga, Daniel Pontes
dc.contributor.author Borges, Andréa Pacheco Batista
dc.contributor.author Carvalho, Tatiana Borges de
dc.contributor.author Santos, Letícia Corrêa
dc.contributor.author Corsini, Camila Maria Mantovani
dc.date.accessioned 2017-10-11T19:21:32Z
dc.date.available 2017-10-11T19:21:32Z
dc.date.issued 2012-06-18
dc.identifier.issn 0034737X
dc.identifier.uri http://dx.doi.org/10.1590/S0034-737X2012000600004
dc.identifier.uri http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/12054
dc.description.abstract A administração profilática de antimicrobianos tem por objetivo evitar a contaminação do ferimento cirúrgico, após exposição a algum micro-organismo e antes da instalação do processo de infecção, devendo alcançar e manter concentrações antimicrobianas inibitórias, no local da incisão, durante todo o procedimento cirúrgico, a fim de evitar o crescimento de patógenos contaminantes. Na medicina veterinária, a antibioticoprofilaxia é claramente aceita como importante medida da redução e controle da incidência de infecções do sítio cirúrgico. Este estudo objetivou avaliar a utilização de antibióticos nos procedimentos cirúrgicos, realizados na clínica cirúrgica de cães e gatos do Hospital Veterinário da Universidade Federal de Viçosa, considerando a sua necessidade e a realidade. A população para o estudo foi constituída dos pacientes submetidos a tratamento cirúrgico, no período de 11 de maio a 11 de novembro de 2007. A utilização de antibióticos nos procedimentos estudados não foi padronizada ou alterada, para realização deste estudo. Assim, concluiu-se que é necessário estabelecer critérios para a antibioticoprofilaxia, bem como sua padronização no Hospital Veterinário da Universidade Federal de Viçosa, para corrigir possíveis falhas no processo de prevenção das infecções do sítio cirúrgico. pt-BR
dc.description.abstract Antimicrobial prophylaxis aim at preventing surgical wound contamination after the exposure to any microorganism and before infection is established. Inhibitory antimicrobial concentrations should be reached and maintained on the incision throughout the entire surgical procedure in order to prevent microbial growth. In veterinary medicine, antimicrobial prophylaxis is clearly disclosure and accepted as an important action to control and reduce the incidence of surgical wound infection. This study evaluated the use of antibiotics in small animals' surgeries at the Veterinary Hospital of the Universidade Federal de Viçosa, comparing the need and the reality. The population in study consisted of patients undergoing surgical procedures from May 11 to November 11, 2007. The routine use of antibiotics was not altered in any way for this study. The results showed that it is necessary to establish some criteria for the use of antimicrobials at the Veterinary Hospital of the Universidade Federal de Viçosa as well as the standardization of the same to correct possible failures in the process of surgical site infection. en
dc.format pdf pt-BR
dc.language.iso por pt-BR
dc.publisher Revista Ceres pt-BR
dc.relation.ispartofseries v. 59, n.6, p. 758-764, nov/dez, 2012 pt-BR
dc.rights Open Access pt-BR
dc.subject Infecção pt-BR
dc.subject Profilaxia pt-BR
dc.subject Sítio cirúrgico pt-BR
dc.title Antibioticoprofilaxia em cirurgias de cães e gatos: necessidade e realidade pt-BR
dc.type Artigo pt-BR


Arquivos deste item

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

  • Artigos [28]
    Artigos Técnico-científicos na área de Veterinária

Mostrar registro simples

Buscar no Repositório


Navegar

Minha conta